ESCLARECIMENTO SOBRE LENDA URBANA – CORN SNAKE

images

 

ATENÇÃO ESCLARECIMENTO IMPORTANTE

Já ha uns 2 dias, pessoas tem repassado avisos de CUIDADO sobre “pethobbistas” (criadores de animais exóticos) que estariam adotando gatos e cães para alimentação de cobras do tipo CORN SNAKE.

Dentro da experiência que tive ao longo de quase 3 anos na COMISSÃO DE DEFESA DO MEIO AMBIENTE, estudando e combatendo o tráfico de animais silvestres e exóticos, tive a oportunidade de conhecer mais de perto o “pethobbismo” e alguns criadores desses animais, assim como ter contato com essa espécie em especial.

Antes de qq coisa, gostaria de reafirmar minha posição como contrário a criação de animais silvestres e exóticos como PETS, e o meu descontentamento por termos órgãos oficiais como IBAMA que regulamenta e permite essa prática. Mas não posso permitir que “PROFETAS DO APOCALÍPSE” que nem sabem o que estão fazendo na vida, venham promover o terror ou difamar o trabalho de quem realmente entende do assunto.

Procurei esclarecer alguns pontos, que faço agora mais formalmente:

A Corn Snake (Elaphe* guttata) é uma espécie originária dos EUA, geralmente dóceis (por isso a escolha como pets) e que alcançam no máximo, ao longo de seus 15 anos de vida, em torno de 1,5m de estatura.

São sim carnívoras, mas sua alimentação se resume as conhecidas “cobaias”, por sua falta de agressividade.

Criadores gastam verdadeiras fortunas com terrários e estruturas necessárias a sobrevivência desses animais exóticos e JAMAIS arriscariam seus animais dando Gatos ou Cães que, certamente ao se defenderem (essas cobras não possuem veneno e matam suas presas por constrição) matariam as cobras, muito mais fracas e com mobilidade reduzida aos animais comentados.

Fui chamado de falso “especialista” por uma DEMENTE que se acha dona do Campo de Santana e que em seu perfil fez críticas e continuou a pregar o “APOCALÍPSE” dos cães e gatos de “feira” (que prefiro chamar de campanhas) de adoção por criadores de Corn Snake.

Existem dezenas de casos sérios ligados a proteção animal, mas alguns párias, que torcem pelo fracasso dessa mesma proteção (afinal se não como dar objetivo a suas vidas fracassadas) para terem sempre do que reclamar.

Já não fosse bastante para essas pessoas reclamarem de tudo e de todos, já que apenas seu trabalho é bem feito, mas raramente as vemos ajudando REALMENTE fora de suas capitanias hereditárias, agora ajudam a espalhar ABOBRINHAS sem sentido, coisa de quem não tem nada melhor a fazer.

Fica a dica, cuidado com esse tipo de “protetor”, pois se atualmente temos tantos problemas, parte desses problemas foram criados por párias como essas.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Deixe uma resposta