DENUNCIA GRAVE NO RIO DE JANEIRO – GATOS DO MARACANÃ

images

Temos pela frente grandes eventos na Cidade do Rio de Janeiro…

Copa do Mundo, Olimpíadas…tantos eventos MILHONÁRIOS que prometem deixar um “legado” para o RIo de Janeiro. Até o momento, o único legado que tenho visto são obras MILIONÁRIAS, SUPERFATURAMENTO E DESCASO, TANTO PARA COM ANIMAIS E O MEIO AMBIENTE.

Ontem recebi mais essa denúncia, feita na forma de relato de protetoras que cuidam desses gatos do Maracanã e entorno ha anos.

Leiam, prestem muita atenção nesse relato e, por favor, compartilhem! É hora de cobrarmos providências tanto da prefeitura, através de seu Secretário de Promoção e Defesa dos Animais, como da Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

Juntos somos fortes. Vamos espalhar essa denúncia, vamos pressionar os párias que ocupam cargos públicos apenas com a intenção de faturar com isso. Um pouco de trabalho não faz mal a ninguém e mais, não é mais que a OBRIGAÇÃO dessas “autoridades”.

RELATO DA PROTETORA

Há alguns anos as pessoas abandonam os gatinhos em vários pontos do entorno do Maracanã e, alguns moradores do bairro atuam como protetores, alimentando e cuidando dos bichinhos. São várias colônias ao longo de todo o entorno do Complexo do Maracanã.

Com a aceleração da obra, que agora está exatamente mexendo no entorno (onde as pessoas costumavam caminhar e correr, e onde os protetores alimentam os gatos), os riscos para a permanência dos gatinhos está cada vez maior, muitos desapareceram, muitos se machucam ou adquirem doenças devido à poeira ou contato com outros materiais utilizados na obra.

Não sabemos se as pessoas da obra maltratam, acreditamos que em sua maioria, não, mas o fato é que muitos gatos sumiram. Os protetores que vão lá todos os dias cuidar dos animais conhecem todos e são testemunhas que isto está acontecendo, segundo eles os cerca de 200 gatos já foram reduzidos para aproximadamente 150..vítimas de acidentes, doentes por causa da poeira e alguns não podem mais ser alimentados por terem ficado em local de difícil acesso aos protetores, que algumas vezes são impedidos pelos funcionários da obra de irem até os animais.

Estamos apelando para a prefeitura (através do 1746) e para o Ministério Público, ainda não obtivemos uma resposta…somos poucos.

Precisamos divulgar o que está acontecendo e, assim, pressionar o poder público a transferir os animais para um local seguro, uma vez que é dever do Estado zelar pelos animais, conforme escrito claramente no: DECRETO Nº 24.645, de 10 de julho de 1934:

Art. 1º – Todos os animais existentes no País são tutelados do Estado.
Art. 16 – As autoridades federais, estaduais e municipais prestarão aos membros das sociedades protetoras de animais a cooperação necessária para fazer cumprir a presente Lei.

O governador já declarou publicamente a intenção de demolir o Estádio Célio de Barros (onde tem um colônia grande de felinos) e o Parque Aquático Júlio Delamare, com isso muitos animais certamente serão atingidos, se não fisicamente, pela falta de um lugar seguro para ficar e onde os protetores possam chegar até eles para alimentar e cuidar. Os felinos que ficam perto do já despejado Laboratório Lanagro (para onde terá ido o laboratório?) já não conseguem ser alimentados pelos protetores.

A obra está cada vez mais pesada e acelerada, os gatinhos precisam de nossa ajuda com urgência!!

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Deixe uma resposta