Estão soltando os Titãs do Tártaro!

A que ponto chegamos? Os meios justificam os fins?

Já não fosse o bastante, 4 anos “doloridos” de Eduardo Paes para a proteção animal, uma reeleição que nos garantirá mais 4 anos de inércia agora querem soltar os Titãs do Tártaro?

Vou explicar… ao longo dos últimos 4 anos, tivemos à frente da SEPDA um secretário oriundo de áreas que NADA tinham com a proteção animal. Tá certo que, desde sua criação, a SEPDA não passou de um CABIDÃO de empregos, de vez em quando a esposa de um vereador no comando, por vezes um ator de televisão (Presidente de criadouro e da Associação Brasileira de Comerciantes de Animais Silvestres e Exóticos)… mas daí a querer reviver um monstro?

Para quem não sabe, o TÁRTARO era a prisão subterrânea ‘tão abaixo do Hades quanto a terra é do céu’. Segundo a mitologia, nele eram aprisionados somente os deuses inferiores, Cronos e outros titãs, enquanto que os seres humanos, eram lançados no submundo, chamado de Hades.

Por isso faço alusão aos Titãs e ao Tártaro. Alguns protetores de animais, por desconhecimento (ou não) do passado da administração pública no tangente aos animais, inconformados com a administração de Eduardo Paes, foi procurar o Ex-Prefeito  e atual vereador eleito (ademais das 2 condenações em 1ª instância por improbidade) Cesar Maia, como se ele fosse o GRANDE SALVADOR DOS ANIMAIS, e isso baseando-se no fato de ser “um vereador eleito que aceitou receber alguns membros da proteção animal”.

Ora, seria justificável soltarmos um Titã do Tártaro, sob promessas de um “trabalho” junto aos animais, desconhecendo-se o histórico do mesmo, inclusive quando teve todo o PODER para fazer em suas mãos? Ou seja, foi o direto responsável pelo bem estar de nossos animais (e por 3 mandatos, ou sejam 12 anos) e nunca o fez?

Os fins justificam os meios? Mesmo quando já conhecemos os fins e principalmente execramos os “meios”?

Notícia publicada em 21/08/2012 17:50

 O ex-prefeito Cesar Maia, o ator Victor Fasano, a ex-presidente da Fundação Riozoo, Anita Carolina Levy Barra, o ex-secretário de Meio Ambiente do Rio Ayrton Xerez e o Criadouro de Aves Tropicus terão que devolver aos cofres públicos um total de R$ 520 mil. Eles foram condenados por ato de improbidade administrativa pela juíza Maria Paula Gouvea Galhardo, da 4ª Vara da Fazenda Pública da capital.

 Os réus terão ainda que pagar multas que somadas chegam a R$ 300 mil,
além de estarem proibidos de contratar com o Poder Público e de receberem benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual sejam sócios, pelo prazo de cinco anos. Maia e Xerez tiveram também seus diretos políticos suspensos pelo mesmo período.

 O grupo foi denunciado em duas ações propostas pelo Ministério Público estadual que apontava irregularidades no convênio firmado entre a Prefeitura do Rio, a Fundação Riozoo e o Criadouro de Aves Tropicus, Associação Cultural, Científica e Educacional, presidido por Fasano. O convênio, celebrado em 5 de abril de 2005, pelo prazo de 12 meses, tinha por objetivo o incremento da reprodução em cativeiro de aves nativas ameaçadas de extinção, com previsão de repasse de verbas públicas ao criadouro no montante total de R$ 260 mil.

 Segundo o MP, o convênio foi firmado quando Victor Fasano ocupava o cargo de secretário especial de Promoção e Defesa dos Animais. A Procuradoria do Município chegou a opinar contra a assinatura, mas o procurador-geral deu o sinal verde e, por conta disso, o então secretário de Meio Ambiente Ayrton Xerez autorizou a lavratura do termo. O contrato acabou sendo renovado por mais um ano.

 Na sentença, a juíza Maria Paula Gouvêa Galhardo destacou que os réus não juntaram ao processo nenhuma prova capaz de demonstrar o atendimento à finalidade do convênio, ou que efetivamente tenha dele revertido qualquer contraprestação em favor da municipalidade ou da Fundação Riozoo.

 “Daí decorre a necessária conclusão quanto ao prejuízo ao erário, cujas verbas foram utilizadas para financiar o criadouro que nenhuma contraprestação efetivamente concedeu à Riozoo, caracterizando a lesão ao erário, cuja verba foi investida para a manutenção de um exclusivamente criadouro privado”, escreveu a magistrada, que anulou o convênio e a sua prorrogação.

Quero ainda, reproduzir aqui as palavras da Sheila Moura, publicadas em seu Blog “O Grito do Bicho”, que sintetizam de forma bem mais direta o que tenho tentado mostrar nesse artigo, e para quem não sabe, a Sheila é a “biblioteca” da proteção animal e viveu particularmente toda essa gestão de Cesar Maia:

“Quando eu falo prá vocês, protetores, se antenarem  e deixarem de ser instrumento de manobra para aventureiros atingirem objetivos pessoais, eu não estou brincando não. Olhem um bom exemplo:

Esta criatura destruiu a proteção animal no RJ. Fez um monte de droga criando uma secretaria de proteção animal que é inconstitucional e agora MENTE dizendo que vai fazer uma lei para legalizá-la. Ora, se em 8 anos como prefeito não conseguiu (ele tentou), agora como vereador vai fazer? Tá tirando com a cara de protetor trouxa!!!!

 

ELE SABE QUE É INCONSTITUCIONAL tal pretensão, mas, mesmo assim ele tenta enganar as trouxas que foram nas águas dele no passado. É tão cara de pau que chama aquela droga da Fazenda Modelo de Centro de Proteção Animal. Ele, através de decreto, fechou aquela Fazenda bem antes de inventar este Centro por considerar que não seria local seguro para funcionar nada devido sua localização que proporciona roubos e a presença de marginais e drogados.

 

Fato é que as dependências daquela unidade estão todas depredadas e não tem segurança suficiente nem para garantir o mínimo necessário. E ele fala que é o referência na América Latina…. De onde ele tirou isto? Quem aguenta com esta criatura? Ele não merece nem ser vereador, quer saber?”

Então, como perguntei antes… os fins justificam os meios? Vale a pena procurar quem já foi o ALGOZ da proteção Animal Carioca, em nome mesmo dos animais? Se não fez quando era prefeito, porque fará agora que é vereador?

Sinceramente? Eu não acredito, não dou moral e não apoio…Por que? Porque como já disse antes e repito, APOIO QUALQUER INICIATIVA QUE VENHA A BENEFICIAR OS ANIMAIS… e de Eduardo Paes e Cesar Maia, nenhuma NUNCA os beneficiou!

E o pior… não temos os Deuses do Olimpo para nos proteger dos Titãs!

 

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Deixe uma resposta