ONG lançará site pornográfico em defesa dos direitos dos animais

Mais uma da PETA… dessa vez os animais humanos machos agradecem!

(do Terra)

Um grupo de defesa de animais, conhecido por suas chamativas ações
publicitárias, frequentemente com conteúdo erótico, anunciou nesta segunda-feira
que irá lançar um site pornográfico com o objetivo de proteger os direitos dos
animais. A organização sem fins lucrativos, People for the Ethical Treatment of
Animals (Peta) é conhecida por suas polêmicas campanhas, que fazem na maioria
das vezes alusões sexuais explícitas, com a participação de modelos da
Playboy, como Pamela Anderson.

A responsável pelas campanhas da organização, Lindsay Rajt, afirmou à
Agência Efe que pretende lançar um site com conteúdos não recomendados
para menores de idade, embora os assuntos estejam relacionados aos maus tratos
de animais e não com o tipo de vídeos ou fotografias que os visitantes de uma
página pornô qualquer esperariam encontrar.

“Escutamos que os domínios .xxx estariam disponíveis e pensamos que seria uma
maneira efetiva de chamar atenção de como a maioria dos animais são tratados”,
declarou Rajt, especificando que a página será lançada entre novembro e dezembro
deste ano. O registro de domínios .xxx, criados para designar na internet as
páginas de conteúdo adulto, teve início no dia 7 deste mesmo mês tanto para as
marcas registradas da indústria pornográfica quanto para as companhias alheias,
como é o caso da Peta.

Além de vídeos, textos e fotografias, o site contará com materiais de
campanhas anteriores da associação, como “Prefiro andar nu que vestir pele de
animais”, uma das mais bem-sucedidas. Figuras populares como as atrizes Eva
Mendes, Kim Basinger e a modelo Christy Turlington posaram nuas para esta
campanha, que acabou gerando críticas à organização, já que a maioria dos seus
protagonistas são mulheres que posam em atitude erótica.

A responsável pelas campanhas da Peta destacou que o objetivo dos anúncios é
o de “chamar atenção para ajudar os animais”, e lembrou que nesta também
participaram homens como o baixista do grupo Guns N’Roses, Duff McKagan, e o
jogador de basquete Dennis Rodman, entre outros.

A atriz italiana Elisabetta Canalis junto a um cartaz no qual aparece nua em uma das campanhas da ONG Peta. Foto: EFE

A atriz italiana Elisabetta Canalis junto a um cartaz no qual aparece nua em uma
das campanhas da ONG Peta

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Deixe uma resposta