GOL Responde ao Atitude Animal sobre o “des” caso Santiago… responde?

Então pessoal,

Mesmo a resposta não ser o que o Atitude Animal esperava, a GOL, de forma espontânea, viu importância em responder ao Atitude Animal.

Abaixo transcrevemos a resposta:

 

De: GOL Linhas Aéreas <gol.digital@bm.com>

cidade/Bairro: São Paulo

Olá, boa tarde!

A GOL lamenta muito pelo ocorrido com o cachorro Santiago. Disponibilizamos o nosso esclarecimento em http://blog.voegol.com.br/index.php/turbinadas/noticias/esclarecimento-gol/

Abraços,

GOL Linhas Aéreas Inteligentes
Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site ATITUDE ANIMAL http://www.fabianojacob.com.br

Agora transcrevo o que se encontra no Blog da Gol, no endereço informado no email:

“A GOL lamenta profundamente pelo ocorrido com o cachorro Santiago, no último dia 13. A empresa informa que um de seus diretores contatou pessoalmente o cliente na semana passada, pediu desculpas em nome da companhia, forneceu informações sobre a apuração interna e se colocou à disposição para prestar todo o suporte possível. Durante esse contato, o cliente se reservou no direito de falar somente por meio de seu advogado. Em respeito isso, a GOL prestará os esclarecimentos diretamente aos envolvidos.”

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Pois bem,

A resposta, apesar de educada e necessária não nos agradou. O caso do cãozinho Santiago JÁ ACONTECEU. Assim como do Cão Pimpo e do Gato Esquilo…

Mas o que a GOL prestende fazer para que casos como esses não mais ocorram?

Durante quanto tempo essa Cia Aérea vai continuar se prestando a transportar nossos AMADOS animais, os perdendo e os matando???

Dizer que se coloca à disposição do tutor do Santiago, que pagará os procedimentos…mesmo que pague qualquer tipo de indenização, isso não trará o Santiago de volta… e, como disse acima… quantos mais morrerão???

 

Tenho certeza que, de onde estiver o Santiago, ele deve estar pensando…

 

 

 

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Uma resposta para GOL Responde ao Atitude Animal sobre o “des” caso Santiago… responde?

  1. Magaly diz:

    Já trabalhei em uma cia aérea, e não foi nem uma ou duas situações em que animais de pequeno porte tem o direito de ir na cabine junto com o dono, caso não tenha outro animal no mesmo voo. Estando dentro de um transporte devidamente consultado por um veterinário que geralmente dá uma pequena dose de sedativo para que o animal não fique agitado, até onde eu sei isto é possível.
    É só uma questão de procurar as regras de transporte de pets em cias aéreas, e se estas regras são validas para voos internacionais e domésticos, e se é única para todas as cias ou se cada uma tem sua própria regra.

Deixe uma resposta