Saíu o despacho da Juíza sobre o Rodeio de Meriti… Não gostei!

Pois é pessoal,

 

Saíu o despacho da Juíza CLAUDIA MARIA DE OLIVEIRA MOTTA, e eu não gostei!

Abaixo na íntegra:

Cite-se e intime-se o Réu para apresentar, imediatamente, a documentação comprovando a observância do art. 3º da Lei 10.519/02. Determino a expedição de mandado de verificação, determinando que o Oficial de Justiça compareça ao local e faça relatório circunstanciado sobre as instalações e condições de transporte e guarda dos animais participantes do rodeio.

Explico porque estou mais fulo da vida que o Touro de Rodeio…

O artigo a que se refere a Lei tem preocupações com seres humanos, tais quais a existência de ambulâncias, o palco, etc…além do “acondicionamento” dos animais e seu transporte…
MAS ONDE DIABOS FICA TODA A MATÉRIA QUE FUNDAMENTOU A DENÚNCIA?
O bem estar dos animais, que são submetidos a estress, usam sédem apertando testículos, são feridos com esporas… A derrubada do novilho e todas as outras práticas macabras de Rodeio?

É lógico que uma empresa milhonária como a Brahma ha de ter tomado os cuidados da Lei, mencionados anteriormente…ou sejam:
Colóquis flácidos para acalentar bovinos!
Papo mole prá boi dormir!

Não tenho mais esperanças que esse Rodeio (tire o “r” e resta ODEIO) não vá se realizar…ao menos por vontade do judiciário! Só mesmo se a Brahma tiver dado bobeira, o relatório do oficial de justiça for muito verdadeiro e dermos muita sorte!

A meu ver, essa não será uma derrota minha, tão pouco dos protetores de animais…sequer dos animais usados nesse palco de torturas…
MAS SIM, UMA DERROTA DO POVO FLUMINENSE, QUE GOSTARIA MUITO DE ACREDITAR NA JUSTIÇA E CONFIAR EM SEU JUDICIÁRIO…

Vamos aguardar por um milagre!

O Artigo a que se refere o despacho trata de questões humanas como ambulância, arena, etc, além dos “acondicionamento” dos animais e do transporte dos mesmos… mas onde está a preocupação com o bem estar animal?

Onde está a preocupação com o fundamento da denúncia/

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Deixe uma resposta