Cãozinho ‘sugado’ por tornado volta para casa após três dias

Esse é realmente um SUPER CÃO!

Cada história que vemos diariamente e cada vez mais compreendemos como esses animais ditos “irracionais” são maravilhosos!

(do R7)

Filhote ficou debaixo de escombros e só foi encontrado graças a seu choramingo

Reprodução/CBS

Reprodução/CBS

Shadow passou a ser chamado de Supercão, após sobreviver à passagem de um tornado em Monson, na semana passada, e ficar três dias sem comida nem água

O cachorrinho Shadow, um filhote de chow-chow com sharpei de apenas seis meses de vida, sobreviveu três dias debaixo dos escombros deixados pela passagem de um tornado pela cidade de Monson, nos EUA, na semana passada.

No último sábado (4), durante as buscas por vítimas, vizinhos da casa onde o cãozinho morava, acompanhados por um policial, finalmente o resgataram ao ouvirem-no choramingar. 

Quando o tornado se aproximava da cidade, Audrey Carabetta e sua família correram para o porão da casa onde  viviam, levando também seus animais de estimação – entre eles, Shadow – para o abrigo. 

O problema é que, de repente, o cãozinho fugiu e foi sugado pelo tornado, lembra Audrey (em entrevista para o site da rede CBS).

– Nós podíamos ouvir as unhas de Shadow se arranhando pelo chão [enquanto ele tentava se segurar]. Ele chorava, e nós o escutávamos se chocando contra as paredes, ao ser puxado para fora de casa. Isso partiu meu coração.

Depois da passagem do tornado pela região, a família Carabetta procurou o pet minuciosamente. Até publicou fotos de Shadow na rede social Facebook e entrou em contato com abrigos de animais da cidade.

Sem notícias, as esperanças de encontrá-lo vivo foram diminuindo.

Ao ser encontrado, debaixo de uma pilha de entulhos, Shadow estava cansado, com fome e  sede, mas bem vivo.

Ao receber o telefonema que lhe daria a boa notícia, Audrey caiu no choro.

– Quando ele nos viu, simplesmente pulou em cima de nós e nos encheu de lambidas. Agora, sua saúde está ótima.

O resgate do pet, conta, foi um presente para sua filha de sete anos.

– Ela vem lutando contra um câncer há dois anos. Recentemente, teve remissão [fase da doença em que não há sinais de atividade]. Quando isso aconteceu, ela nos pediu um bichinho de estimação. 

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Deixe uma resposta