Biólogo captura beleza da vida marinha nas águas gélidas da Rússia

O mais engraçado é que o homem acredita realmente que conhece o planeta em que vive. Os mares representam 80% da Terra e o homem não conhece nem a menor parte dele e de seus moradores!

(do g1)

O biólogo russo Alexander Semenov transformou em livro as imagens que ele e
seus colegas produziram durante quatro anos de estudos da vida marinha na
Estação Biológica do Mar Branco, centro de pesquisas no noroeste da Rússia.

 

Imagens do livro de Semenov. Veja mais abaixo.  (Foto: Alexander Semenov / White Sea Biological Station )
Imagens do livro de Semenov. Veja mais abaixo. (Foto:
Alexander Semenov / White Sea Biological Station )

 

As imagens de Semenov foram feitas em uma região gélida e inóspita, que passa
a metade do ano congelada. Ainda assim, as criaturas marinhas fotografadas por
ele são ricas em cores.

 

Ele relata que algumas das criaturas fotografadas são comuns em diversos
lugares do mundo; outras, porém, foram vistas por apenas alguns especialistas
até hoje.

 

Sua espécie favorita é o molusco Coryphella polaris, ‘uma lesma que vive a 30
metros (de profundidade) no escuro e em águas geladas, e é tão bonito’, disse
ele ao site TreeHugger.

 

O livro de Semenov já foi lançado na Rússia e agora está sendo traduzido ao
inglês.

 

Imagens do livro de Semenov.  (Foto: Alexander Semenov / White Sea Biological Station )
Imagens do livro de Semenov. (Foto: Alexander Semenov / White
Sea Biological Station )

 

Imagens do livro de Semenov. (Foto: Alexander Semenov / White Sea Biological Station )
Imagens do livro de Semenov. (Foto: Alexander Semenov / White
Sea Biological Station )

 

Imagens do livro de Semenov.  (Foto: Alexander Semenov / White Sea Biological Station )
Imagens do livro de Semenov. (Foto: Alexander Semenov / White
Sea Biological Station )
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Deixe uma resposta