Baleia fica presa em rede de pescadores na África do Sul

Tô de saco cheio de ver o homem invadir o território das Baleias, causando mudança de rotas migratórias, trazendo milhares de encalhes e suicídios desses maravilhosos animais!

(do R7)

Carters

Uma baleia de dezenas de toneladas ficou presa na rede de pescadores sul-africanos na última terça-feira (20), na Cidade do Cabo (África do Sul).

A baleia-jubarte se debateu por horas até ser libertada por uma equipe de especialistas, chamada às pressas ao local.

Ela ficou enrolada nas cordas, nas redes e nas boias de flutuação usada pelos pescadores.

Mike Meyer, um membro da equipe, contou que a baleia de cerca de 11 m tinha praticamente o tamanho do barco dos pescadores.

Segundo Meyer, o animal, que estava ferido, parecia estar cansado quando a equipe chegou ao local, a pouco mais de 3 km da costa.

– Durante a operação, duas baleias adultas apareceram e pareciam estar dando incentivo à jubarte, enquanto nossos membros tentavam cortar a corda e as redes.

Após horas de operação, a equipe finalmente conseguiu libertar a baleia, que saiu nadando junto com as outras, que esperavam por ela.

Pinguins são encontrados mortos em praia no RS

Pessoal… e nem começou ainda… Imaginem com a exploração a todo vapor do Pré-Sal?
Primeiro que essas empresas petrolíferas (como a nossa “querida Petrobrás”, talvez a maior poluidora Nacional) deveriam ser perfeitas na questão ambiental… mas acabam sendo as maiores vilãs e, normalmente escapam com uma multinha de “cala a boca”.

E nossos governos? Não deveriam ter planos de contingência, que inclusive contemplassem o salvamento da vida marinha em caso de derrame de petróleo?
Mas chega a ser ridículo esperar algo em relação a animais, de governos que calam a boca do povo com salários “isso e aquilo”, ao invés de praticarem verdadeiras políticas sociais.

Ainda bem que existem organizações do 3º setor que, através de seus abnegados membros, acabam por tomar as responsabilidades de governos omissos e, fazendo das tripas o coração, acabam conseguindo realizar um trabalho, não o ideal, mas que faz toda a diferença para cada animal salvo nessas catástrofes.

Tenho muito horgulho de pertencer a SEA SHEPHERD e de ser um dos voluntários Fluminenses que se qualificou através do curso de resgate de animais marinhos nesses casos.

Yo ho Sea Shepherds!!!

(do R7)

Mais de cem pinguins foram encontrados mortos e cobertos de óleo em uma praia no litoral gaúcho. Ainda não se sabe a causa das mortes. Os moradores ficaram impressionados com a quantidade de animais mortos. A Patrulha Ambiental procura os responsáveis pelos vazamentos.