VITÓRIA!!! Deputado Federal retira solicitação de tramitação de PL

VIVA !!!

Pessoal, vitória total…

Depois das manifestações de repúdio e dos Defensores da Causa Animal terem posto a boca no Trombone, o “nobre” deputado Federal Carlos Brandão (PSDB-MA), aquele que patrocina e apoia rodeios e vaquejadas, que tinha apresentado solicitação para tramitação daquele PL MALDITO que retirava da Lei 9605/98, em seu artigo 32 a denominação domésticos e domesticados, retirou a proposição para votação!

Isso nos mostra como nosso poder, qando estamos unidos em favor dos animais, e não em torno de EGOS e outras intenções, seremos sempre vitoriosos.

Parabéns a cada um de vocês que divulgaram, que botaram a boca no trombone, que mandaram seus emaisl, que fizeram contato com seus políticos… essa vitória, mais que nossa, é dos Animais!

Meu obrigado a todos!

 

Fique por dentro de 7 fatos curiosos sobre os tubarões

Muito legal, vale à pena dar uma lida para conhecer melhor e não descriminar!

(do R7)

Cheios de peculiaridades, os tubarões estão entre os animais marinhos mais fascinantes

 

Afiadíssimos, os dentes dos tubarões são renováveis; clique na foto e veja outras curiosidades

Imponente, devorador, dotado de uma boca repleta de dentes afiadíssimos como um punhal. Com predicados como estes, não é de se estranhar que muita gente tenha medo de tubarão.

Mas, ao contrário do que se pode pensar, nem todos os tubarões são tão perigosos aos humanos como se prega. Alguns até são calmos e atacam somente quando se sentem ameaçados ou são feridos.

A fama, porém, já pegou faz tempo. Por outro lado, atualmente o humano representa mais perigo aos tubarões do que o contrário.

Como eles demoram para se reproduzir e atingir maturidade, a caça veloz a esta espécie tem se tornado muito preocupante, principalmente em localidades como Taiwan e Filipinas.

Historiadores sinalizam que os primeiros tubarões evoluíram há mais ou menos 400 milhões de anos. Ou seja, 200 milhões de anos na frente dos dinossauros. Registros mostram que existem cerca de 1.000 espécies diferentes de tubarões, cada uma com suas peculiaridades. 

Talvez esteja aí a razão de tanto fascínio, curiosidade, medo e mistério que envolve os tubarões.

 

 

Thinkstock

Se é verdade que o tubarão é um dos bichos marítimos mais temidos pelo homem, grande parte desta “fama” deve-se ao tubarão-tigre. Conhecido por sua natureza agressiva, é um predador nato. Chama-se “tigre” devido à sua pele listrada

 

 

Thinkstock

Apesar de sua aparência assustadora, o cação-mangona não é naturalmente agressivo, o que pode explicar o fato de esta espécie estar ameaçada de extinção. De fácil captura, ataca quando é ferido ou se sente ameaçado, aí sim torna-se perigoso. Entre as carnes mais comuns de tubarão encontradas nos mercados, está a desta espécie

Thinkstock

O tubarão-cinzento-do-recife é chamado assim porque vive nas zonas costeiras, próximo de recifes ou áreas que fazem fronteira com o continente. Velozes, estes tubarões costumam nadar em bando, e, por serem naturalmente competitivos, desconfiados e curiosos, são tidos como a sexta espécie mais perigosa ao homem

Thinkstock

Existem pelo menos dez tipos diferentes de tubarão-martelo. Este, da foto, é o tubarão-martelo-recortado. A amplitude plana de sua cabeça lhe dá mais agilidade para fazer manobras no mar do que outros tubarões. Ele também tem a vantegem de conseguir rastrear melhor suas presas, devido ao seu olfato aguçado, capaz de detectar gotículas de sangue no mar, e também porque seus olhos e narinas ficam nas extremidades da cabeça

Thinkstock

Ele é o maior de todos os tubarões e, também, o maior peixe vivo catalogado. O tubarão-baleia pode chegar a medir 20 m e a pesar 12.000 kg. É outra espécie muito procurada por caçadores. Em Taiwan e nas Filipinas, mais de 100 tubarões-baleia são mortos ao ano, o que preocupa os ecologistas, já que esta espécie demora para crescer e atingir maturidade

A principal arma de caça dos tubarões é, de fato, o dente. A dentição dos tubarões, em forma de serrote, é tão afiada quanto um punhal, capaz de dilacerar sem esforço a carne de peixes e mamíferos do mar. Uma curiosidade é que, se um dente fica gasto ou se quebra, outro dente logo nasce no lugar

 

 

Thinkstock

O tubarão é um animal migratório. Eles são capazes de nadar percorrendo longas distâncias, centenas ou milhares de quilômetros em busca de alimento ou para chegar às áreas de reprodução nas águas quentes. Entre os viajantes mais ilustrativos, estão os tubarões-azuis, que chegam a nadar 7.000 km durante um ano – o equivalente à distância do estado de Nova York até a costa do Brasil

Ativistas protestam contra fabricante da boneca Barbie por crime ambiental

Que coisa feia Barbie… Agora vão lançar a Barbie desmatadora, a Barbie Caçadora, a Barbie poluidora e mais algumas…

 

(do G1)

Greenpeace acusa Mattel de uso ilegal de madeira em embalagens.
Empresa anunciou política de sustentabilidade após protestos.

Ativistas do Greenpeace divulgaram nesta segunda-feira (13) uma série de protestos realizados em vários países contra a Mattel, fabricante de brinquedos dos Estados Unidos, que é acusada pela ONG ambientalista de adquirir madeira proveniente de desmatamento ilegal da Indonésia para a produção das embalagens da boneca Barbie, principal carro-chefe da empresa.

Ativistas do Greenpeace penduraram banner em prédio na região central de Londres, Inglaterra, contra a empresa de brinquedos Mattel (Foto: Reuters)
Ativistas do Greenpeace penduraram banner em prédio na
região central de Londres, Inglaterra, contra a empresa de
brinquedos Mattel (Foto: Reuters)

Na Inglaterra, ativistas burlaram a segurança e escalaram um prédio no centro de Londres onde foi pendurado um grande banner com a imagem do boneco Ken, também produzido pela companhia, informando o rompimento no relacionamento entre ele e a boneca Barbie. Em Tel Aviv, Israel, ativistas se vestiram como a boneca em frente a lojas de departamento e com motosserras simulavam matar um animal.

De acordo com o Greenpeace, a ação global, que também conta com um vídeo bem-humorado com o personagem Ken, tem o objetivo de pressionar a maior fabricante de brinquedos do mundo a romper contratos com fornecedores que utilizassem madeiras de árvores da ilha de Sumatra nos componentes.

Em Israel, mulheres se vestiram como a boneca Barbie e com motosseras simulavam matar um animal. O Greenpeace quer alertar a Mattel contra o uso de madeira ilegal na produção de embalagens para a boneca Barbie (Foto: Reuters)
Em Israel, mulheres se vestiram de Barbie e com motosserras
simulavam matar um animal. O Greenpeace quer alertar a
Mattel contra o uso de madeira ilegal na produção de
embalagens para a boneca mais famosa do mundo (Foto: Reuters)

A Mattel afirmou em comunicado no último dia 10 que irá desenvolver uma política de compras sustentáveis para todas as linhas de produtos, como foco na questão do desmatamento. De acordo com a empresa, a política incluiria requisitos aos fornecedores de embalagens, como o comprometimento no manejo florestal.

PMA distribui cartilhas e régua para pescadores em Campo Grande

Isso é legal! Conscientizar o pescador do crime que pode cometer e mais, mostrar a eles que a fiscalização vai acontecer… Educação ambiental com fiscalização!

(do G1)

Campanha aproveita movimento decorrente do feriado municipal.
Régua deve ser usada para medir pescado e não infringir legislação.

PMA distribui cartilhas a pescadores em Campo Grande (Foto: Tawany Marry)
Manual contém informações sobre legislação
(Foto: Tawany Marry)

A Polícia Militar Ambiental (PMA) distribuiu o “Manual do Pescador” e o “Manual Régua de Peixes” para motoristas que estavam aproveitando o feriado de Santo Antônio para ir pescar em algum dos rios que corta Mato Grosso do Sul. A barreira educativa foi feita neste sábado (11) na região do Indubrasil, na BR-262 e na MS-080, em Campo Grande.

Nos manuais entregues consta toda a orientação sobre legislação de pesca vigente no estado assim como uma régua para fazer a medição do pescado. O objetivo é conscientizar os turistas que não conhecem a legislação de pesca e também os pecadores do Estado que ainda não sabem da mudança na lei, que entrou em no dia 21 de fevereiro.

De acordo com o comandante da PMA, o coronel Carlos Matoso, a legislação do estado é uma das mais restritivas do País. “A orientação é primordial para o trabalho de fiscalização. Se cada um fizer a sua parte, vamos conseguir preservar as espécies”, disse Matoso.

Até o fim do ano, a PMA quer entregar a cartilha para 100 mil turistas em todo o Mato Grosso do Sul. “Muitos pescadores de fora do Estado tem dúvida sobre a legislação, por isso criamos essa cartilha”, explicou o comandante.

O eletricista José de Araújo, 55 anos, morador em Campo Grande, recebeu a cartilha. Acompanhado de dois amigos, ele estava a caminho de Dois Irmãos do Buriti, distante 113 quilômetros de Campo Grande, onde iria pescar em um barranco no Rio Aquidauana.

PMA distribui cartilhas a pescadores em Campo Grande (Foto: Tawany Marry)
José é pescador amador e recebeu a cartilha
(Foto: Tawany Marry)

José pratica o hobby apenas por diversão e disse que sempre anda com a cartilha para não esquecer as medidas. “Se ninguém respeitar daqui a pouco não tem mais peixes para nós pescarmos”, disse o amador.

Por estar com varinha simples ir pescar em uma região de barranco, José não precisou apresentar a carteirinha de pesca. Conforme Matoso, caso a pessoa esteja com alguém petrechou ou embarcado é necessário a apresentação da carteirinha.

Além dos pescadores, os proprietários de casas de iscas também receberam o manual. Segundo Matoso, os donos dos locais estão sendo conscientizados a não venderem iscas vivas capturadas na natureza menores que o mínimo permitido.

Comércio
Em cada estabelecimento serão deixados 200 folhetos, que deverão ser repassados para os clientes. A gerente de uma casa de iscas vivas, Flávia Moreira, 23 anos, aprovou a iniciativa dos policiais. “Eu acho muito importante essa distribuição, pois muitos clientes chegam na loja e já pedem o manual”.

PMA distribui cartilhas a pescadores em Campo Grande (Foto: Tawany Marry)
Campanha foi realizada em rodovias na região
de Campo Grande (Foto: Tawany Marry)

Flávia comercializa sete espécies de iscas vivas em seu estabelecimento, todas elas criadas em cativeiros. Neste caso, segundo Matoso, não há restrições quando ao tamanho. “As iscas são importantes, pois servem de alimentos para os peixes; por isso elas não devem ser capturadas antes de se reproduzirem”, disse o coronel.

O período de pesca em Mato Grosso do Sul está liberado até novembro, quando começa a Piracema. Mesmo foram da época proibida para pesca há punição para a pessoa cometendo crime ambiental, com pena de 1 a 3 anos de prisão. No caso de estar com exemplares fora da medida permitida, o pescador paga uma multa de R$ 700 e mais R$ 20 por quilo de pescado.

Batalhão Florestal no Rio apreende tartarugas e pinguins mortos em praia

Pescadores capturando animais como tartarugas, tubarões, sardinhas no defeso… isso é corriqueiro.

O problema é fiscalizatório. Leis nós temos até demais…o que falta é vontade política de fazê-las serem cumpridas!

(do G1)

Eles estavam presos em rede de pesca na Praia do Canto.
Polícia recebeu uma denúncia anônima sobre os animais.

Policiais do Batalhão de Polícia Florestal e do Meio Ambiente (BPFMA) apreenderam oito pinguins e seis tartarugas mortos presos em uma rede de pesca, na tarde deste domingo (12), na Praia do Canto, em Barra de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio. As informações são do próprio Batalhão Florestal.

A polícia informou que recebeu uma denúncia anônima sobre os animais que estariam presos numa rede de nylon de cerca de 200 metros. O dono da rede não foi encontrado.

O caso foi registrado na 42ª DP (Recreio).