Nutrição de Cães e Gatos

Como nos ensinam a professora Linda Case, da Universidade de Illinois, a vice-presidente e o diretor da Iams Company, respectivamente Diane Hirakawa e Daniel Carey, nos últimos anos os pesquisadores conseguiram explicar os motivos pelos quais as pessoas são unidas aos seus animais domésticos, e também descobriram que a relação que se estabelece entre os animais e os seres humanos é, com frequência, benéfica para a saúde dos primeiros.

Não é surpresa que ao forte vínculo emocional que as pessoas sentem pelos seus animais de estimação e companhia junte-se a preocupação em proporcionar-lhes a melhor assistência sanitária e nutrição possíveis.

Os avanços alcançados na medicina veterinária deram lugar a programas de vacinação que protegem os cães e gatos diante de numerosas doenças perigosas, assim como a procedimentos médicos que contribuem para prolongar a vida dos animais domésticos. Além disso, o progresso no campo da nutrição gerou um conhecimento maior da dietética canina e felina e o desenvolvimento de dietas equilibradas para animais que contribuem para manter a saúde e facilitam a prevenção das doenças crônicas.

O competitivo mercado dispõe de um amplo leque de alimentos, “snacks” ou biscoitos e complementos nutricionais para cães e gatos. Esses produtos são encontrados em lojas, supermercados, lojas de produtos veterinários e de animais de estimação – pet shops.

São produtos que apresentam uma grande diversidade em relação à sua composição em nutrientes, disponibilidade, digestibilidade e sabor, bem como em sua forma física, aroma e textura. Alguns alimentos estão preparados para proporcionar uma nutrição adequada durante toda a vida do animal, outros são comercializados de forma específica para uma determinada fase da vida ou para um estado de doença (patológico) específico. Essa grande gama de produtos comerciais combinada com a propagação periódica de modas e falácias sobre nutrição, suscitou, entre os proprietários de animais de estimação e profissionais a eles ligados, uma grande confusão sobre os cuidados nutricionais de cães e gatos.

A nutrição não é assunto para amadores. Ela é uma ciência complexa que exige muita pesquisa e conhecimento técnico. É por isso que não se deve alimentar os cães e os gatos com comida preparada em casa e sim dar a eles, exclusivamente, rações adequadas para cada espécie, idade e situação, segundo orientação de um médico veterinário especializado.

 

Tags , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Deixe uma resposta