Lontra é rejeitada pela mãe em zoológico de Curitiba

(do R7)

Amelinha recebe carinhos e cuidados dos veterinários da prefeitura local

Ela foi rejeitada pela mãe há dois meses, logo após o nascimento, mas conquistou todo o mundo em Curitiba. Amelinha, como foi batizada a filhote de lontra, está agora sob os cuidados dos profissionais da clínica veterinária da Prefeitura local.

Amelinha nasceu no zoológico da capital paranaense, e, desde que foi adotada pela Prefeitura, passa a maior parte do tempo numa caixa improvisada com duas bolsas térmicas para ficar bem quentinha, onde tem até um irmãozinho de pelúcia para brincar.

O bichinho virou xodó entre os veterinários, de quem recebe todo o carinho e cuidados: toma mamadeira a cada três horas e nunca fica só. Acompanhe a comovente história no vídeo abaixo:

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Deixe uma resposta