Conheça os 10 mandamentos da Posse Responsável de animais

Então pessoal,

 

Antes de adotar um animal, conheça os 10 mandamentos da Posse Responsável!

Os mandamentos, elaborados pela ONG Arca Brasil, são o norte para o proprietário de animais ou para quem quer ter um bicho.

1- Antes mesmo de adquirir um animal, considere que seu tempo médio de vida é de 12 anos. Pergunte à família se todos estão de acordo, se há recursos necessários para mantê-lo e verifique quem cuidará dele nas férias ou em feriados. O animal não é um brinquedo e vai ficar a vida toda com você.

 

2- Adote animais que já vêm vacinados e castrados de abrigos públicos e privados, em vez de comprar por impulso; muitos bichinhos precisam de um lar.

 

3- Informe-se sobre as características e necessidades da espécie escolhida, como tamanho, peculiaridades e espaço físico de que o bicho precisa.

 

4- Mantenha o seu animal sempre dentro de casa, jamais solto na rua. Para os cães, passeios são fundamentais, mas apenas com coleira e guia, sempre conduzido por quem possa contê-lo.

 

5- Cuide da saúde física do animal. Dê banho, escove e exercite-o regularmente, forneça abrigo, alimento, vacinas e leve-o ao veterinário.

 

6- Zele pela saúde psicológica do animal; além de comida e água, os bichos precisam de atenção, carinho e ambiente adequado.

 

7- Eduque o animal, se necessário, por meio de adestramento, mas respeite suas características; todos os bichos podem ser ensinados, para que o convívio com as pessoas melhore; portanto, tenha paciência e não desista do seu amigo.

 

8- Recolha e jogue os dejetos em local apropriado; jamais saia para passear sem levar papel ou saco plástico para recolher a sujeira que o animal pode fazer na rua.

 

9- Identifique o animal com plaqueta e registre-o no Centro de Controle de Zoonoses ou similar. Coloque os seus telefones na placa; também é recomendável uma identificação permanente, como microchip ou tatuagem.

 

10- Muitos animais acabam nas ruas devido a crias indesejadas. Além de evitar os filhotes, a castração em machos e fêmeas só faz bem ao bicho, pois anula a possibilidade de uma série de doenças. O ideal é castrar as fêmeas antes mesmo do primeiro cio.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Deixe uma resposta