Por que a “Nobre” Vereadora não mata a mãe?

ABSURDO DOS ABSURDOS!!!!!

Na cidade de São João del-Rei-MG, a vereadora Silvia Fernanda, do PMDB, em última reunião da câmara dos vereadores, realizada no dia 10 de maio de 2011, conseguiu em pouquíssimo tempo, proferir essa série de IMBECILIDADES:

“Tem animal solto na rua, tem que matar” (2’31”)

“Eu quero que o animal seja apreendido, o dono tem 48 horas para tomar a providência, não tomou, mata” (3’10”)

“Eu quero fazer um projeto de lei para matar cavalo, burro, égua, vaca, porco, achou na rua, falou com o dono, 48 horas não providenciou, mata” (5’46”)

Com a finalidade de combater e demonstrar as IGNORÂNCIAS proferidas por alguém que, DEVERIA REPRESENTAR OS IDEAIS DE QUEM A ELEGEU, a presidente da Sociedade Protetora dos Animais de SJDR, Mara Nogueira Souto, falará em nome de todas pessoas que respeitam os animais sobre o absurdo da colocação da vereadora Silvia Fernanda.
Alias, a “Nobre” Vereadora, que deveria conhecer as LEIS (afinal ela está no LEGISLATIVO) demonstra que ou desconhece a Lei (tanto a constituição quanto a Lei 9605/98 configuram matar animais como crime), ou estaria ela “pregando” uma atitude CRIMINOSA????

Olha a careta dela aqui… Atualmente a inimiga nº1 dos animais do País!

A reunião acontecerá dia 24/05 às 16h no prédio da Câmara, em frente à prefeitura. Isso começará com uma caminhada, com  saída às 15h da Igreja São Francisco, até a Câmara dos Vereadores!

Fica meu questionamento a “Nobre” Vereadora…

Se é tão revoltada, mal amada, imbecil, incoerente com os ideais da humanidade, genocida…

Se tráz tanto prazer a ela matar, por que não MATA A MÃE?

No futuro, cidadãos de São João del-Rei, procurem votar em pessoas que não apresentem esse tipo de desvio de conduta, já que seus representantes (como o próprio termo demonstra) deveriam representar seus pensamentos, e duvido que o moradores dessa cidade possam compactuar com uma SANDICE dessas.

Vamos protestar, vamos divulgar ao Brasil inteiro o nome dessa figura, dessa desalmada, sem coração…genocida:

Silvia Fernanda

Assistam ao vídeo e revoltem-se!




 

Criador brasileiro recebe pedidos de mil porquinhos de estimação por ano

Pessoal… isso é MUITO sério!
Mais um modismo dos “pet manpiacos”. Daqui ha algum tempo, teremos também milhares de porquinhos abandonados por aí!
MUITO COMPLICADO! Sou frontalmente contra!

(do R7)

Fazenda em Uberlândia é único criadouro de micro porcos do Brasil

Divulgação

Dário Fagundes é dono de uma fazenda de criação em Uberlândia, Minas Gerais, especializada em animais miniatura. Vaquinhas, pôneis e búfalos na versão mini sempre foram sucesso em feiras ou como atrativos em hotéis fazenda, conta ele. Os chamados micro porcos também.

Mas nada poderia preparar Dário, hoje à frente da fazenda familiar que já está na ativa há 50 anos, para a demanda que os micro porcos como animais de estimação teriam em todo o Brasil. Segundo ele, desde que celebridades começaram a aparecer na mídia ostentando os bichinhos como opção exótica de pets, a procura vem aumentando gradativamente.

– O interesse em adotar micro porcos como animais domésticos vem surpreendendo desde 2004. Dezenas de pessoas começaram a ligar pedindo encomendas e, atualmente, a demanda subiu de 300 filhotes ao ano para mil.

A cada nova ninhada de mini porcos na fazenda de Dário, a única no Brasil especializada em cruzamentos desse tipo de suíno, os pets são todos vendidos em uma média de quatro dias. Com tamanha procura, ele toma de antemão alguns cuidados para consumar a venda.

O desmamamento é feito aos poucos, para não traumatizar, e os animais já são despachados castrados. Além disso, quem tiver interesse em adquirir um, precisa passar por uma consulta com ele. Em apenas três dias, o criador já recebeu cerca de 400 pedidos de consultas.

– Gostamos de conhecer o perfil dos possíveis donos antes, e de explicar para eles todos os detalhes de como se cuida de um micro porco, para que não venha a acontecer a mesma calamidade que se dá com alguns cachorros e gatos, que acabam sendo abandonados pelos donos.

Experiente em adestramento de porquinhos para exposição, Dário tem levado o potencial dos micro porcos como animais de estimação cada vez mais a sério. Tanto que investe bastante no cruzamento dos bichos para o aperfeiçoamento da pelagem. Até aqui, ele diz que já tem 30 matrizes para a escolha dos clientes.

Entre as mais populares, estão as pelagens negra, chocolate e rosinha. Esta última, uma das mais procuradas, por conta do sucesso que ainda faz o protagonista do filme Babe – O Porquinho Atrapalhado (1995).

– As famílias com crianças gostam muito de ter um porquinho. Eles são brincalhões, inteligentes, limpos, educados e se dão bem com outros animais de apartamento. Os nossos micro porcos nascem do tamanho de uma xícara de chá e ficam da altura de um beagle ou de um bulldogue inglês.

Com uma alimentação saudável, ou seja, à base de milho triturado, cenoura ralada, beterraba, maçã e pêra, além das vacinas costumeiras que cães e gatos também precisam tomar, um animal destes pode viver até 23 anos. O preço de um micro porco é equivalente ao de um cachorro de raça, podendo variar de R$ 1000 a R$ 1700.

Cães também podem ter gripe e pneumonia no frio

Ontem postei sobre a saúde dos gatos…hoje informo sobre os cães!

(do R7)

Especialista fala das roupinhas e de como evitar que o bicho adoeça nesta época do ano

A shih-tzu Margot ama uma roupa. Apesar dos pelos longos, a cachorrinha, magra que só, sente frio toda vez que é tosada.

Como explica o veterinário Wilson Grassi, diretor de Bem-Estar Animal da Associação dos Clínicos Veterinários de Pequenos Animais de São Paulo, alguns animais precisam de roupa, que não é frescura.

– Os que têm massa magra passam frio. Ainda mais os que estão acostumados a ficar só dentro de casa.

– Tem que proteger cães e gatos de frio intenso e de calor também. Não pode deixar dormir no relento, nem ficar debaixo do solão.

Divulgação

Margot sente muito frio no inverno e adora os vestidos que tem, que são

trocados todos os dias

– Além disso, cães e felinos também podem ter pneumonia, que é uma doença oportunista que acontece quando o bicho está maltratado.

De acordo com o especialista, as vacinas anuais também são indispensáveis, como a V 10, que protege de uma série de doenças, e a da gripe canina.

– A gripe canina se manifesta em tosse, espirros e nariz escorrendo. Tem que vacinar.

Americanos inventam kit para gatos usarem vaso sanitário

hahahaha… NINGUÉM MERECE!

Agora os gatos usam o sanitário, e vamos criar caixas de areia para seus donos!

Coisa de Americano mesmo!

(do G1)

enção foi inspirada por filmes da série ‘Entrando numa fria’.
Adaptador permite que felinos usem vaso do banheiro dos donos.

A treinadora de animais Dawn Barkan ensina Charlie, de 4 anos, a usar o toilete, nesta segunda-feira (16), em Green Township, no estado americano de Nova Jersey. Ele é um dos gatos que fez o papel de Mr. Jinx nos filmes 'Entrando numa fria', 'Entrando numa fria maior ainda' e 'Entrando numa fria maior ainda com a família'. (Foto: AP)
A treinadora de animais Dawn Barkan ensina Charlie, de 4 anos,
a usar o toilete, nesta segunda-feira (16), em Green Township, no
 estado americano de Nova Jersey. Ele é um dos gatos que fez o
papel de Mr. Jinx nos filmes ‘Entrando numa fria’, ‘Entrando numa
 fria maior ainda’ e ‘Entrando numa fria maior ainda com a família’.
(Foto: AP)

 

Inspirada nos filmes, Jo Lapidge, cujo gato Doogie aparece nesta foto, criou um kit para ensinar gatos a usar o vaso sanitário. (Foto: AP)
Inspirada nos filmes, Jo Lapidge, cujo gato Doogie aparece na foto
à esquerda, e seu marido criaram um kit para ensinar gatos a usar
o vaso sanitário. A peça é encaixada no vaso convencional. (Foto: AP)