Toda a VERDADE sobre as autoridades Fluminenses (Proteção Animal)

Pessoal, a Hipocrisia e falta de Vontade das Autoridades continua…
Já está na hora de falar sério. Que todo mundo sabe que nossos governantes não se importam com os animais, isso é notório… Mas ter que agüentar hipocrisia, isso é chamar a você, cidadão, amante dos animais e ELEITOR de IDIOTA!
Explico:
Quando assumi a missão de estudar e promover melhorias a questão animal no Estado do Rio de Janeiro, através da Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Alerj, e a posterior Comissão de Proteção Animal, tive de ir a campo, enfrentar a realidade e as particularidades de nosso Estado.
A primeira “missão” foi visitar a Feira que acontece todo Domingo ao lado da Estação São Francisco Xavier na Tijuca. A feira é composta de 5 barraquinhas legalizadas (e tantas outras ilegais) para a venda de artigos de uso animal e rações. Com o apoio da Polícia Militar Florestal, apreendemos mais de 400 animais silvestres, coibimos a venda de cães e gatos que acontecia no entorno da feira, de forma usual, dentro de malas de carros e em gaiolas sem água ou comida, onde os donos ficam sentados em cadeiras de praia, lendo seus jornais enquanto os animais são expostos.
Imediatamente após a operação, provocamos uma audiência pública onde chamamos boa parte da Sociedade Civil Organizada (ONG´S e protetores), autoridades estaduais, municipais e federais, das quais, muitas sequer justificaram sua falta. Pois bem, com essa primeira experiência, percebemos que apenas atuar como o EXECUTIVO costuma atuar, coibindo pontualmente e esporadicamente, de nada adiantaria.
Formulamos um Ofício, assinado por Deputado Estadual presidente da Comissão de Defesa do Meio Ambiente e direcionado ao então Secretário de Ordem Pública Municipal, Sr. Rodrigo Bethlem, solicitando o cancelamento das autorizações de funcionamento das poucas barracas “legais” (que como pode ser atestado em nossa área de vídeo, também favoreciam ao tráfico e maus tratos a animais), bem como uma fiscalização por parte da GM no sentido de coibir a continuidade das atividades ilegais no local. NADA FOI FEITO!
Enviamos novo ofício (fora as centenas de ligações e visitas pessoalmente) cobrando as providências elencadas no ofício… e, NADA FOI FEITO!
Foi com surpresa que há 2 semanas me pego assistindo uma operação da SEOP na referida feira ILEGAL, coibindo a venda de animais silvestres, de cães e gatos… para APARECER NA TV.
HIPOCRISIA, uma vez que já indicamos a solução, que depende única e exclusivamente da VONTADE da prefeitura, da qual a SEOP faz parte! Na semana passada, vi mais uma vez a SEOP, dessa feita em Honório Gurgel, que foi a 2ª feira que também visitamos há 2 anos atrás…
Bom, as operações da SEOP se diferenciam das que coordenei na ALERJ por 2 razões principais:
1- Elas visam apenas coibir naquela data a venda de animais, com interesse puramente “marketeiro”, a maior prova é que, no final de semana imediatamente após sua visita a essas feiras, a venda de animais continuava da MESMA FORMA nos locais visitados pela SEOP. Ao contrário, nos indicamos a solução, criamos projetos de Lei, debatemos o problema em Simpósio e cumprimos nosso dever de legislativo não só legislando, como fiscalizando o Executivo.

2- Nas operações da SEOP, ademais do acompanhamento POLICIAL, não tenho notícias de pessoas detidas nessas operações, o que só demonstra como são mal planejadas, ou o descaso com a Lei dessas operações.

Eu, que vivi isso de dentro, me sinto atualmente na posição de cidadão, que paga seus impostos, que anda dentro da Lei, que é ELEITOR, como sendo feito de PALHAÇO!
Já que essas “otoridades” estão trilhando (de forma errônea) os passos que eu já trilhei ao longo dos 2 últimos anos, e com mais sucesso que eles atualmente, vou tentar por aqui dar uma “mãozinha” a nossa prefeitura, ou a qualquer outra autoridade Municipal ou Estadual… vamos lá!
Senhores, caso desejem realmente fazer algo pelos animais, cancelem as autorizações da Feira de São Francisco Xavier, coloquem a Guarda Municipal para fiscalizar Honório Gurgel todos os sábados, investiguem a conivência dessa mesma GM nos locais de feiras, assim como da Polícia Militar. Instruam seus Delegados de Polícia sobre a Lei e do dever de não PREVARICAREM nos casos de proteção animal… que o crime ambiental seja levado com a mesma seriedade que qualquer outro. Visitem também Duque de Caxias e sua Feira, Areia Branca em Belford Roxo, Feira de Campo Grande, do Cocotá na Ilha do Governador.
Fiscalizem todas as PetShops ilegais que infestam o Rio de Janeiro, e as “legais” que promovem maus tratos a animais. Se precisarem, indico a listagem dos criadores ilegais de animais Silvestres, áreas de soltura que na verdade comercializam animais, Ong´s que roubam o dinheiro de doações, fábricas de filhotes que maltratam centenas de animais diariamente…
Sinceramente? Eu estou cansado de ser feito de PALHAÇO!!! E você? Não está?
Proteste! Se manifeste, não seja omisso! E lembre-se… os maus tratos com animais não começam na mão do mautratante, mas na nossa, que marcamos errado nossos candidatos na hora de votar!
E eu? Continuo à disposição!

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Uma resposta para Toda a VERDADE sobre as autoridades Fluminenses (Proteção Animal)

  1. Flavia G diz:

    Nenhum admirador da causa animal conhece um jornalista ou comentarista do tipo q gosta de falar os podres q acontecem?
    Aqui no Sul tem alguns q achariam um prato cheio (ainda q não falasse o nome dos políticos safados)publicar essa safadeza. E qd recebem muitos comentários (caso do jornal)batem na mesma tecla por algum tempo.
    Se não tomassem uma providência pelo menos o pessoal gravaria bem o nome de quem NÃO votar nas próximas eleições.

Deixe uma resposta