Prá quem não acredita no Bob Sponja…

***ATENÇÃO, NÃO É FOTO MONTAGEM***

Pois é pessoal,

Prá quem não acredita no Bob Sponja, tá aí um de seus amigos.

Brincadeiras à parte, impressionante como a Natureza é espetacular!

original do site: http://canalazultv.ig.com.br/redeambiente/novidade.asp?id_CON=182

Peixe Blobfish das profundezas do oceano

De nome científico Psychrolutes marcidus e sem tradução oficial para o português, o Blobfish – conhecido como Peixe Bolha ou peixe gota – é um estranho animal, um pouco parecido com as águas-vivas. Ele é encontrado nas profundezas da Austrália e da Tasmânia, a 1,3 quilômetros abaixo do nível do mar.

Seu organismo se adaptou a tamanha profundidade a ponto de sua pele se tornar uma massa gelatinosa, levemente menos densa que a água. Ele quase não tem músculos e o seu equilíbrio lhe permite flutuar entre as águas do oceano. Utiliza essa sua enorme boca para capturar seus alimentos que flutuam à sua frente – pois não são nada ágeis para ir em busca de comida.

Quando se sente ameaçado, o Peixe Bolha incha a ponto de o predador soltá-lo, quando isso ocorre, ele volta ao tamanho normal instantaneamente. Seus olhos e órgãos são venenosos, o que impossibilita a alimentação por terceiros.

Segundo informações do jornal britânico Daily Mail, a movimentação de barcos pesqueiros a procura de camarões e lagostas no sudeste da Austrália vem aumentando consideravelmente. Assim, devido à sua consistência gelatinosa e densidade um pouco menor que a água, o Blobfish se torna vulnerável às redes de pesca. Por não ser um peixe nem um pouco comestível, quando capturado, é morto pelos pescadores.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Add a Facebook Comment

Deixe uma resposta