Toda a VERDADE sobre as autoridades Fluminenses (Proteção Animal)

Pessoal, a Hipocrisia e falta de Vontade das Autoridades continua…
Já está na hora de falar sério. Que todo mundo sabe que nossos governantes não se importam com os animais, isso é notório… Mas ter que agüentar hipocrisia, isso é chamar a você, cidadão, amante dos animais e ELEITOR de IDIOTA!
Explico:
Quando assumi a missão de estudar e promover melhorias a questão animal no Estado do Rio de Janeiro, através da Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Alerj, e a posterior Comissão de Proteção Animal, tive de ir a campo, enfrentar a realidade e as particularidades de nosso Estado.
A primeira “missão” foi visitar a Feira que acontece todo Domingo ao lado da Estação São Francisco Xavier na Tijuca. A feira é composta de 5 barraquinhas legalizadas (e tantas outras ilegais) para a venda de artigos de uso animal e rações. Com o apoio da Polícia Militar Florestal, apreendemos mais de 400 animais silvestres, coibimos a venda de cães e gatos que acontecia no entorno da feira, de forma usual, dentro de malas de carros e em gaiolas sem água ou comida, onde os donos ficam sentados em cadeiras de praia, lendo seus jornais enquanto os animais são expostos.
Imediatamente após a operação, provocamos uma audiência pública onde chamamos boa parte da Sociedade Civil Organizada (ONG´S e protetores), autoridades estaduais, municipais e federais, das quais, muitas sequer justificaram sua falta. Pois bem, com essa primeira experiência, percebemos que apenas atuar como o EXECUTIVO costuma atuar, coibindo pontualmente e esporadicamente, de nada adiantaria.
Formulamos um Ofício, assinado por Deputado Estadual presidente da Comissão de Defesa do Meio Ambiente e direcionado ao então Secretário de Ordem Pública Municipal, Sr. Rodrigo Bethlem, solicitando o cancelamento das autorizações de funcionamento das poucas barracas “legais” (que como pode ser atestado em nossa área de vídeo, também favoreciam ao tráfico e maus tratos a animais), bem como uma fiscalização por parte da GM no sentido de coibir a continuidade das atividades ilegais no local. NADA FOI FEITO!
Enviamos novo ofício (fora as centenas de ligações e visitas pessoalmente) cobrando as providências elencadas no ofício… e, NADA FOI FEITO!
Foi com surpresa que há 2 semanas me pego assistindo uma operação da SEOP na referida feira ILEGAL, coibindo a venda de animais silvestres, de cães e gatos… para APARECER NA TV.
HIPOCRISIA, uma vez que já indicamos a solução, que depende única e exclusivamente da VONTADE da prefeitura, da qual a SEOP faz parte! Na semana passada, vi mais uma vez a SEOP, dessa feita em Honório Gurgel, que foi a 2ª feira que também visitamos há 2 anos atrás…
Bom, as operações da SEOP se diferenciam das que coordenei na ALERJ por 2 razões principais:
1- Elas visam apenas coibir naquela data a venda de animais, com interesse puramente “marketeiro”, a maior prova é que, no final de semana imediatamente após sua visita a essas feiras, a venda de animais continuava da MESMA FORMA nos locais visitados pela SEOP. Ao contrário, nos indicamos a solução, criamos projetos de Lei, debatemos o problema em Simpósio e cumprimos nosso dever de legislativo não só legislando, como fiscalizando o Executivo.

2- Nas operações da SEOP, ademais do acompanhamento POLICIAL, não tenho notícias de pessoas detidas nessas operações, o que só demonstra como são mal planejadas, ou o descaso com a Lei dessas operações.

Eu, que vivi isso de dentro, me sinto atualmente na posição de cidadão, que paga seus impostos, que anda dentro da Lei, que é ELEITOR, como sendo feito de PALHAÇO!
Já que essas “otoridades” estão trilhando (de forma errônea) os passos que eu já trilhei ao longo dos 2 últimos anos, e com mais sucesso que eles atualmente, vou tentar por aqui dar uma “mãozinha” a nossa prefeitura, ou a qualquer outra autoridade Municipal ou Estadual… vamos lá!
Senhores, caso desejem realmente fazer algo pelos animais, cancelem as autorizações da Feira de São Francisco Xavier, coloquem a Guarda Municipal para fiscalizar Honório Gurgel todos os sábados, investiguem a conivência dessa mesma GM nos locais de feiras, assim como da Polícia Militar. Instruam seus Delegados de Polícia sobre a Lei e do dever de não PREVARICAREM nos casos de proteção animal… que o crime ambiental seja levado com a mesma seriedade que qualquer outro. Visitem também Duque de Caxias e sua Feira, Areia Branca em Belford Roxo, Feira de Campo Grande, do Cocotá na Ilha do Governador.
Fiscalizem todas as PetShops ilegais que infestam o Rio de Janeiro, e as “legais” que promovem maus tratos a animais. Se precisarem, indico a listagem dos criadores ilegais de animais Silvestres, áreas de soltura que na verdade comercializam animais, Ong´s que roubam o dinheiro de doações, fábricas de filhotes que maltratam centenas de animais diariamente…
Sinceramente? Eu estou cansado de ser feito de PALHAÇO!!! E você? Não está?
Proteste! Se manifeste, não seja omisso! E lembre-se… os maus tratos com animais não começam na mão do mautratante, mas na nossa, que marcamos errado nossos candidatos na hora de votar!
E eu? Continuo à disposição!

3 Mocinhas Elegantes (adoção)

Então pessoal,

Estou colocando aqui as fotos da Pequi, Blonde e Bianca, 3 mocinhas elegantes que estão para adoção.

Esse é um pedido do amigo Claudio Zappalà do FaceBook (http://www.facebook.com/index.php#!/profile.php?id=100000519594866) que ainda não me enviou maiores informações, que serão publicadas aqui assim que recebidas.

Acredito que as cadelas estejam no RJ.

Nesse meio tempo, aqueles que quiserem adotar, basta ir ao link acima e contactar o Claudio.

Bianca

Blonde

De véu e grinalda, cães se casam em cerimônia de R$ 12 mil

Então pessoal…

Cada um faz o que quer com seu dinheiro, mas daí eu me pergunto… será que isso é prova de amor pelos animais?… ou apenas uma forma de aparecer e se mostrar?…

Eu pergunto pois, com essa grana toda, eu resolvia a vida de um montão de cães que sei que estão passando por situação muito difícil.

Então, quem ama animais deveria (mesmo tendo e fazendo o que quer com seu dinheiro), gastar essa grana num casamento de cães? Como eu disse, não tenho nada com a forma como cada um gasta seu dinheiro, apenas aqui exponho a minha opinião e que eu usaria essa grana de uma forma muito mais produtiva… afinal, vemos protetores diariamente implorando por qualquer doação para ajudar animais em risco… e o povo gatando 12 mil em casamento…???

Abaixo a notícia do G1

Frei beneditino vai abençoar o casal com oração de São Francisco.
Vestido da noiva é de tecido importado e custou R$ 700.

Tássia Thum Do G1 RJ

Tássia Thum/G1Tássia Tcasamento de wcachorrohum/G1Tássia Thum/G1Tássia Thum/G1Tássia Thum/G1dfsfsfsBruna e Lui vão se casar após seis meses
de namoro (Foto: Tássia Thum/G1)

Vestido de noiva exclusivo com véu e grinalda, marcha nupcial, bolo de dois andares e uma festa para centenas de convidados na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Imitando um casório do high society, os protagonistas Bruna e Lui, dois cães da raça yorkshire, vão selar a união de cerca de seis meses numa festa com pompa e glamour.

Luxo e requinte têm seu preço. Segundo o cerimonialista do evento, Marco Antônio Totó, os donos dos cães, com o apoio de alguns  amigos, vão gastar cerca de R$ 12 mil no casamento.

O cerimonialista Totó adianta que os convidados caninos terão um buffet self-service especializado para eles. O cardápio inclui bombons, doces, snakes e ossinhos, todos sem açúcar, ingrediente prejudicial aos bichinhos. As bebidas serão água e isotônicos produzidos especialmente para os pets. Para garantir o entretenimento, um grupo de adestradores foi contratado para animar a festa.

Casamento de CãesA cadelinha Bruna experimenta o vestido
de noiva de R$ 700 (Foto: Tássia Thum/G1)

O evento está marcado para o dia 15. Até chegar o grande dia, a noiva Bruna experimenta semanalmente o vestido, feito sob medida. O modelo, confeccionado com tecido importado, custou cerca de R$ 700.

A cadelinha também vai receber o tradicional dia de noiva numa loja especializada onde o serviço de banho, tosa, hidratação de chocolate e ofurô sai a R$ 160.

O dono do noivo Lui promete deixar seu cãozinho elegante e já providenciou um fraque, também de alta costura. Marco Antônio Totó explica que no convite distribuído aos convidados terá o aviso “Traga o seu cão arrumadinho”, para que todos os convidados compareçam com a roupa adequada. O cão mais arrumado, segundo Totó, vai ganhar um prêmio.

Casamento de cãesBruna terá dia de noiva com banho de ofurô
(Foto: Tássia Thum/G1)

Um frei beneditino foi convocado para dar a benção ao casal, que será celebrada com a oração de São Francisco de Assis. Um altar com a imagem do santo protetor dos animais será instalado no local.

A lua de mel dos cães, que nunca cruzaram, será numa pousada nas proximidades de Visconde de Mauá, no interior do Rio.

O casamento de Bruna e Lui, noticiado na coluna Gente Boa, do jornal O Globo,  promete marcar época no mundo dos caninos da Barra da Tijuca, mas os  dois yorkshires se conheceram no final de 2009, no ParCão da Lagoa Rodrigo de Freitas, na Zona Sul. Desde então, os cãezinhos se apaixonaram e passaram a se ver quase todos os dias.

ALERTA!!! Site de relacionamento para cachorro é opção para encontrar parceiro ideal

Site de relacionamento para cachorro é opção para encontrar parceiro ideal Com esse título sugestivo, o G1 anuncia a criação de um “ORKUT” canino. Se ainda fosse com intenção de troca de experiências, dúvidas, combinar eventos, usar em prol da causa animal… tudo bem, mas pela notícia, o que pude perceber é que é praticamente um RUFIÃO canino…

Para os que não sabem o que é um RUFIÃO, é o nome técnico jurídico para CAFETÃO! Isso mesmo, o site tem a finalidade de arrumar parceiros para a CRUZA animal.

Nós que brigamos tanto pela esterilização como ÚNICA alternativa para o controle das populações de Rua, pelo fim das fábricas de filhotes, canis ilegais, nos deparamos logo cedo com uma nota dessas.

Um site como esse só pode favorecer a continuidade desse comércio ASSASSINO de animais e mais, só servirá a criadores (sejam legais ou ilegais) e para “madames” que acham bonitinho ver seus cãezinhos transando!

Abaixo transcrevo a notícia do G1, mais um tiro contra a proteção animal!

Donos criam perfil e buscam par para seus cães no site ‘cãosamento’.
Intenção é promover encontros entre animais com características compatíveis.

Thamine Leta Do G1 RJ

Perfil de um dos cães cadastrados no 'cãosamento' (Foto: Reprodução Internet)Perfil de um dos cães cadastrados
no ‘cãosamento’ (Foto: Reprodução Internet)

A dificuldade em encontrar a parceira ideal para cruzar com seu poodle levou Denise Iglesias a procurar um serviço pioneiro no mundo canino. Ela criou um perfil de seu cachorro em um site de relacionamento que promete achar o parceiro perfeito para os cães inscritos.

“O Bolinha é um poodle de apenas dois quilos. Precisa de uma cadela de boa índole, que seja pequena, sem comportamento agressivo, ou agitada. Não é fácil de encontrar, e eu gosto da coisa direitinha, por isso fiz o perfil do Bolinha na internet”, contou Denise.

O site ‘cãosamento’ surgiu depois que um grupo de amigas compartilhou o drama de achar um par perfeito para seus bichinhos de estimação. “Eu estava conversando com as minhas amigas sobre como é difícil encontrar um cão ideal para cruzar com meu Shih Tzu, e todas que também têm cachorro encontram a mesma dificuldade. A ideia do cãosamento surgiu da necessidade de encontrar um cachorro ideal para cruzar com o meu”, explicou a jornalista Isabel Taunay , que idealizou o site.

Dudu é o cachorro da idealizadora do site e procura uma parceira (Foto: Arquivo Pessoal)Dudu é o cachorro da idealizadora do site e
procura uma parceira (Foto: Arquivo Pessoal)

Isabel é dona do Shih Tzu Dudu, de um ano e meio, e procura uma cadela que tenha a mesma cor que ele. “É muito difícil encontrar uma cadela marrom, da cor dele. Mas eu quero muito um filhotinho marrom, então vou continuar procurando e o site vai ajudar. Precisamos que mais fêmeas se cadastrem no cãosamento. Por enquanto, o número de machos ainda é maior”, contou.

A inspiração para montar o cãosamento veio do Facebook. Assim como no site de relacionamento, o dono precisa criar um perfil para seu cachorro, colocar uma foto e responder algumas perguntas sobre o bichinho. Há ainda a opção de descrever as características de cada cachorro. “Tatá é um cachorro muito carinhoso. Adora passear na praia e brincar”, diz o perfil do Yorkshire Terrier, Tatá. Os donos capricham nos elogios na hora de descrever os ‘melhores amigos’. “A Josephina nasceu nos EUA, mas tem um espírito bem carioca, é alegre, simpática, e adora um passeio. Também é muito educada e companheira. Nunca teve filhotes, por isso não vemos a hora dela encontrar um par”, diz o perfil da cadela da raça Cavalier King Charles, ‘Josefina De Luca Monteiro’

Na busca por uma parceira para seu Cocker Spaniel, Thor, Ricardo Sanctos já passou por muitas situações embaraçosas. “Uma vez perguntei para uma vizinha se ela não queria cruzar nossos cães. O namorado dela acabou achando que eu estava dando em cima, foi uma situação constrangedora, deu a maior confusão”, contou.

Thor, de 10 anos, procura uma cadela da mesma raça e que não tenha pulgas, nem carrapatos. “Não temos que romantizar, ele não precisa se apaixonar. Mas precisa de uma parceira para as necessidades, e nisso o site pode ajudar muito”, brincou Ricardo.